3 benefícios em ficares nos EUA no Verão em vez de retornares a casa

3 benefícios em ficares nos EUA no Verão em vez de retornares a casa

Autor: João Rodrigo

Muitos altetas-estudantes optam por aproveitar o período entre maio e agosto, as férias de verão da faculdade, para virem matar saudades de casa, da família, da gastronomia, do idioma e dos amigos, mas também para se organizarem melhor para o regresso aos EUA ser melhor delineado adaptando à experiência que estão a ter, assim como para recarregar baterias para enfrentarem a aventura. Embora este regresso a casa seja algo perfeitamente normal, as oportunidades ao dispor dos atletas-estudantes durante o Verão nos EUA são vastas. Iremos apresentar-te três benefícios que irão ter impacto na tua vida não só como atleta, mas como estudante e futuro profissional.

Showcases / Jogar na PDL

Para os atletas que sonham atingir um patamar mais elevado no desporto, como por exemplo ingressar na MLS, para os que praticam futebol, os showcases de Verão e/ou jogar na PDL tornam essa realidade mais próxima. A grande maioria dos jogadores selecionados nos drafts da MLS ou que assinam por equipas de ligas profissionais provém de showcases ou da PDL que serve não só para manteres a forma enquanto atleta e te preparares para a pré época na tua equipa universitária, mas também para serem vistos pelos olheiros de grandes clubes.

Trabalhar full time

É um facto que o visto de atleta-estudante só permite que trabalhes 20 horas semanais. No entanto, isto só acontece durante o ano letivo, uma vez que o aluno tem que conjugar as aulas com a prática desportiva não podendo atingir as 40 horas semanais. Uma vez que o ano letivo termina em maio, a partir dai até ao início do ano letivo seguinte, o atleta-estudante pode trabalhar 40 horas semanais, conseguindo não só angariar uma boa quantia monetária como também experiência e futuros contactos para oportunidades que possam surgir quando terminar a licenciatura.

Estágio

A melhor maneira de conseguires um emprego nos EUA após conclusão do curso é ao adquirir experiência na área, isto é, a ganhar curriculum. Como mencionado no ponto acima, e tendo os atletas-estudantes a vantagem de poder trabalhar durante 40 horas semanais no verão, isto é uma ótima oportunidade para começares a trabalhar no teu curriculum para que ao terminares o curso consigas um emprego nos EUA. Grande parte dos atletas-estudantes que terminam a universidade, conseguem emprego a partir do estágio que realizaram.

Estas são alguns dos motivos que te devem fazer ponderar o teu regresso a casa, apesar das saudades apertarem nos momentos em que estamos fora da nossa zona de conforto e longe de quem gostamos. Ficaste com algumas dúvidas ou queres saber mais informações sobre a vida como atleta-estudante nos EUA? Entra em contacto connosco!

Artigos relacionados